domingo, 26 de janeiro de 2014

Chinesa BYD vai investir US$ 100 milhões em fábrica de ônibus elétricos em São Paulo

Será o maior investimento numa planta fora da China. Unidade deve produzir cerca de 4 mil ônibus por ano
ADAMO BAZANI – CBN
Ônibus da BYD. Empresa chinesa confirma a construção de uma planta de ônibus elétricos em São Paulo. Planta deve produzir 4 mil veículos por ano.
Ônibus da BYD. Empresa chinesa confirma a construção de uma planta de ônibus elétricos em São Paulo. Planta deve produzir 4 mil veículos por ano.

Agora é oficial. A fabricante de automóveis chinesa BYD, que tem como um dos sócios o bilionário norte-americano, Warren Buffett, anunciou nesta semana que vai investir US$ 100 milhões para a instalação de uma fábrica de ônibus elétricos puros (movidos com bateria) no Estado de São Paulo.
A vice-presidente sênior da BYD, Stella Li, disse que a cidade a ser escolhida ainda depende de negociações com o Governo do Estado e as prefeituras dispostas a receber a unidade.
Mas a expectativa é que seja num município do interior num raio de 150 quilômetros de distância da Capital Paulista.
O interesse da chinesa no mercado de ônibus no Brasil é grande. Será o maior investimento numa unidade fora da China. Ônibus elétricos da empresa já foram testados ou ainda estão em circulação em cidades como Brasília, Salvador e São Paulo.
O plano da BYD no Brasil é comprar uma fábrica já existente e construir uma nova planta.
O lançamento previsto é para agosto deste ano. Entre 2015 e 2016, a empresa pretende chegar a produção de 4 mil ônibus por ano.
Os ônibus vão atender o mercado brasileiro e parte da América Latina.
Em novembro do ano passado, a BYD deu início a produção de ônibus elétricos em uma fábrica inaugurada em Lancaster, na Califórnia. Os investimentos nessas instalações são de US$ 30 milhões na fase inicial, segundo a empresa.
Adamo Bazanijornalista da Rádio CBN, especializado em transportes
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário