sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Vídeos trazem um verdadeiro desfile da história recente dos transportes


A evolução da indústria de ônibus fica clara na comparação entre os modelos dos anos 1980/1990, mas décadas tinham veículos com um charme especial e já bastante avançados.
ADAMO BAZANI – CBN
Obviamente que não dá para parar no tempo. Tudo precisa evoluir, ainda mais num setor que lida diretamente com o dia a dia das pessoas, como o de transportes de passageiros. Afinal, o homem evolui.
No entanto, o passado nunca deve ser esquecido. Foi através dos fatos passados que chegamos onde estados e os entendendo melhor, podemos construir um futuro próximo ao que queremos.
A história dos transportes é uma das mais ricas do País. Revela o cotidiano das pessoas, as fases políticas e econômicas, os desenvolvimentos ou mesmo retrocessos regionais e também como a indústria de ônibus se desenvolveu.
Nielson Diplomata foi um dos modelos que marcaram as paisagens da história recente das rodoviárias e estradas de todo o Brasil e até mesmo de outros países. Dos anos de 1980 e 1990 para cá, a evolução foi grande, mas os veículos já eram bastante avançados e possuíam um charme especial que marcou o dia a dia de milhões de pessoas ao longo do tempo.
Nielson Diplomata foi um dos modelos que marcaram as paisagens da história recente das rodoviárias e estradas de todo o Brasil e até mesmo de outros países. Dos anos de 1980 e 1990 para cá, a evolução foi grande, mas os veículos já eram bastante avançados e possuíam um charme especial que marcou o dia a dia de milhões de pessoas ao longo do tempo.
Relíquias de um passado recente podem ser encontradas na internet pelos vídeos feitos pelo admirador “Paulinho Rio”.
Filmados entre 1996 e 1997, na rodoviária de Londrina, mostram com o eram os ônibus feitos entre os anos de 1980 e a data das gravações.
A indústria de ônibus de lá para cá evoluiu sem dúvida. Hoje os veículos são mais acessíveis para portadores de necessidades especiais, menos poluentes, as poltronas mais ergonômicas, mas os modelos da época já eram evoluídos. Aliás, a indústria de ônibus tem várias fases, desde a fabricação das jardineiras nos anos de 1920 até hoje. Os anos de 1980, retratados em parte pelos vídeos, representaram mais uma fase de avanço: os monoblocos (ônibus integrais) se modernizaram, as carrocerias ganhavam em design e resistência, a suspensão a ar, os veículos de três eixos, os serviços leitos, tudo isso que já existia foi aperfeiçoado e consolidado.
Além disso, vale ressaltar, “a paisagem” das rodoviárias era menos monótona, com uma diversidade maior de modelos, empresas, pinturas e os roncos possantes dos veículos.
Confira Monoblocos, as primeiras gerações do Paradiso, os lendários Diplomatas da Nielson e os veículos urbanos.
Os vídeos são de conhecimento de muita gente, mas para quem ainda não viu o mesmo deseja relembrar uma época importante da evolução dos transportes e das cidades, o material é muito bom.

Adamo Bazanijornalista da Rádio CBN, especializado em transportes
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário