segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Aumento da tarifa de ônibus em Osasco gera protestos


Ao lado de Campinas, cidade tem a passagem mais cara do País.
ADAMO BAZANI – CBN
Tarifa de ônibus em Osasco, na Grande São Paulo, ao lado de Campinas, no interior, é a mais cara do País: R$ 3,30. População promete manifestações contra o valor.
Tarifa de ônibus em Osasco, na Grande São Paulo, ao lado de Campinas, no interior, é a mais cara do País: R$ 3,30. População promete manifestações contra o valor.
Diversos grupos de estudantes e de diferentes categorias de trabalhadores organizam, usando a internet, protestos contra o aumento da passagem de ônibus em Osasco, na Grande São Paulo.
Um grupo planeja se concentrar na estação da cidade e seguir em passeata até a sede da Prefeitura.
A tarifa foi reajustada em 10%, subindo de R$ 3,00 para R$ 3,30. Com isso, ao lado de Campinas, no Interior Paulista, Osasco tem a tarifa de ônibus municipal mais cara do País.
O aumento foi aplicado nesta última segunda-feira, 03 de dezembro.
Segundo a Prefeitura de Osasco, o índice obedece às variações de custos de operação do sistema. Entre os itens que mais pesaram na composição tarifária foram os salários, pneus e aquisição de novos veículos.
A cidade não oferece integração entre os ônibus municipais.
Aumentos em outras cidades também estão previstos para o fim deste mês ou entre janeiro e fevereiro. Na Capital Paulista, com tarifa congelada desde o ano passado, e na Região do ABC, as estimativas são de que as passagens de ônibus custem entre R$ 3,25 e R$ 3,50.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário