quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Funcionários da São Salvador cruzam os braços por salários atrasados

Proprietários dizem que atraso de 11 dias se deu por falta de repasse da prefeitura
 Carlos Grevi

Proprietários dizem que atraso de 11 dias se deu por falta de repasse da prefeitura


Os funcionários da Auto Viação São Salvador, uma das empresas que detém a concessão do transporte público em Campos, cruzaram os braços na manhã desta quarta-feira (11/09), cobrando o pagamento dos salários referentes ao mês de agosto. O direito trabalhista deveria ser pago no dia 30 do último mês, mas até a data não teria sido conferido aos motoristas e cobradores.
De acordo com os trabalhadores, osproprietários da empresateriam alegado que o motivo do atraso, que ainda não tem data definida para ser regularizado, seria a falta de repasse da diferença do Programa de Passagem a R$ 1, por parte da Prefeitura de Campos.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Campos, Roberto Virgílio, disse que os empresários não buscaram entendimento com os funcionários e agiram com truculência contra os trabalhadores.
“Os empresários não querem conversa. Um dos proprietários saiu empurrando todo mundo e quis ele mesmo sair com o ônibus para a rua, mas os funcionários não deixaram. Quanto ao repasse da prefeitura, eu não estou a par, mas acho que não justifica”, pontuou Virgílio que disse ainda que mais empresas, cerca de 90%, estariam com os salários atrasados, e que provavelmente mais cobradores e motoristas adiram ao movimento dos trabalhadores da São Salvador.
Virgílio disse ainda que a indicação do sindicato é que em caso de grave, mantenha-se o percentual de 30% da frota funcionando, mas que os trabalhadores estariam irredutíveis em não permitir que nenhum veículo da empresa saia às ruas.
 
Fonte: Ururau
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário