quarta-feira, 12 de março de 2014

Juíza defere liminar para que 70% dos ônibus circulem durante greve

Assembleia que define movimento da categoria aconteceu às 20h
 Carlos Grevi / Mauro de Souza

Assembleia que define movimento da categoria aconteceu às 20h


Na decisão, a juíza diz que “considerando que o transporte coletivo é serviço essencial à comunidade 70% da frota do transporte público que deverá circular durante o movimento paredista a fim de não inviabilizar o movimento nem causar transtornos para a população”. No caso de descumprimento da determinação, a juíza fixou uma multa no valor de R$ 5.000 por dia. 
Na iminência de ser decretada greve dos rodoviários em Campos, já que há assembleia marcada para às 20h desta quarta-feira (12/03), a juíza do trabalho Verônica Ribeiro Saraiva, da 1ª Vara do Trabalho, deferiu na tarde de terça-feira (11/03), liminar em favor da Prefeitura onde determina que 70% da frota do transporte coletivo deverá circular durante o movimento da categoria. 
Os rodoviários de Campos estão pleiteando reajuste salarial de 17%, plano de saúde, além de outros benefícios. A categoria entrou em estado de greve desde o dia (06/03) quando foi realizada uma assembleia no Cais da Lapa. Na ocasião, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Cargas e Passageiros de Campos, Roberto Virgílio, salientou que o mês de março é a data base dos trabalhadores, quando existe aumento salarial e de benefícios. Disse ainda que os patrões já se manifestaram dizendo que não vão conceder o aumento em 2014 porque o valor tarifário se mantém desde 2008.
A equipe de reportagem do Site Ururau tentou contato por telefone com Roberto Virgílio, nesta quarta-feira, para falar sobre a decisão da juíza, mas não obteve êxito. Ele estará presidindo a assembleia que acontece na noite desta quarta. Caso seja decretada, a greve terá início a zero hora desta quinta-feira (13/03). 
Em Campos, com o programa da 'Passagem Social', o Poder Público cobre o valor de R$ 0,60 dos usuários que pagam R$ 1,00 do valor da tarifa que é de R$ 1,60. Segundo informações do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) os repasses das empresas estão em dia. 
Em nota, a Prefeitura de Campos informou que no edital de licitação, prevista para acontecer em abril, já contempla reajuste de tarifa para os empresários do setor de transporte coletivo. O aviso de republicação do edital de concorrência pública para tal finalidade foi publicado no Diário Oficial do dia 19 de fevereiro (página 6). A entrega dos envelopes está prevista para o dia 08, das 8h às 10h.

Fonte: Ururau
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário